Quem vê like não vê atração

As mídias sociais são espaços propícios para os encontros de interesses. Se tenho afinidade por um assunto, uma pessoa ou uma marca, acompanho seus passos nesta grande vitrine digital. 

Para as marcas são especialmente importantes, por isso essas redes estão presentes nos planos de marketing da maioria das empresas, pelo menos as B2C. Profissionais autônomos também aproveitam a visibilidade e trabalham suas mensagens nas mídias. 

Mas, se você anda frustrado com os resultados que vêm colhendo, atente-se para um detalhe relevante na arte do marketing digital: nem sempre quantidade é sinônimo de qualidade. 

O exemplo é que trago é recente: a influenciadora digital Arii, apesar de possuir mais 2 milhões de seguidores no Instagram, ao promover uma marca de roupas, não conseguiu vender 36 camisetas, número exigido pela empresa ao fazer parceria com a garota.

O que deu errado? 

Não sabemos ao certo, mas casos como este nos levam a tomar cuidado com alguns aspectos fundamentais ao conduzir uma estratégia. 

Engajamento genuíno – trabalhe o conteúdo de modo a conquistar um público que realmente tenha a ver com seu produto ou serviço. É sempre bom trazer informação, contar histórias e encantar as pessoas. 

Conheça seu cliente – seguidores nem sempre são clientes. Mas eles podem levar você ao seu cliente de fato. Não conte com o número de seguidores criando a falsa expectativa de que suas vendas estão diretamente ligadas a eles. Apoie-se em outras métricas para prever se está no caminho certo para obtenção das suas metas. 

Construa uma relação de proximidade – seja transparente, simples, espontâneo. Mostre os bastidores, passo a passo de como se constrói o produto ou como executa o serviço. Estamos falando de pessoas. Faça comunicação dirigida a elas, e não para os robôs do Google. 

Tempo de construção do engajamento – há também um tempo para você conquistar o consumidor, encantá-lo e só depois oferecer de forma mais direta seu produto. Ser um “pentelho” nas mídias sociais só vai afastar potenciais clientes. Dê tempo para as pessoas conhecerrm melhor seu trabalgo, sua marca ou até mesmo espere que elas venham até você. 

Aos artistas e criativos, essa construção de relacionamento é super válida e pode render ótimos trabalhos! 

•foto: Prateek Katyal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *